Lifestyle

Autoconhecimento é um dos pilares da yoga

Mariana Vilela, uma das criadoras do movimento mais flow, fala com o Opte+ sobre yoga como estratégia para encontrar bem-estar e equilíbrio. Além, claro, das técnicas para enfrentar o estresse diário das grandes cidades.

Yoga é mais do que uma prática corporal? É também uma filosofia de vida, certo?
Isso! É importante pontuar que a yoga acontece 90% do tempo fora do “tapetinho”. Normalmente, focamos muito na ideia de que yoga é apenas postura, ou alongamento, mas devemos prestar atenção também em nossa postura fora do tapete.

Por exemplo?
Olhar para o outro com respeito. A yoga rege majoritariamente nossas atitudes, e não apenas nossas posturas corporais, que são os ásanas. Isto é, você deve olhar para o outro da mesma forma que olharia para si, praticando o autocuidado e a não-violência.

Praticar yoga é uma excelente saída para amenizar o estresse cotidiano?
Praticar yoga no tapete também ajuda. Esse tempo é um momento só para você. Na maior parte do dia, ficamos tão preocupados com os problemas da cidade, do trânsito, em pagar boleto, buscar filho na escola, que dificilmente escutamos o que está sendo dito dentro de nós. Ou percebamos esse colo, esse silêncio e conforto que todos temos internamente.

VEJA MAIS >
BRILHO PRÓPRIO: COMO USAR ILUMINADOR?
TREND DA VEZ: GOLA ALTA

Yoga também é uma forma de estreitar os laços afetivos? Praticar yoga com o marido, com as crianças ou até com os amigos é uma forma de se conectar verdadeiramente com os outros?
Sim, com certeza! O acro-yoga, por exemplo, é a prática em dupla ou trio. Essas posturas feitas em parceria têm um pouco de acrobacia. Nelas, testamos a comunicação com o outro. Hoje, parece que desaprendemos a nos comunicar de forma saudável, assim como demonstrar quais são realmente nossas intenções. Então, quando fazemos uma prática de yoga em conjunto é muito importante prestar atenção nessa parte da comunicação, que é quando nos colocamos frente ao outro.Crianças podem fazer yoga também?
Sim! Embora a prática da yoga voltada para crianças seja diferente. Ela é mais lúdica, cheia de historinhas.

Uma ou duas práticas por semana já dá para perceber as mudanças? Qual o mínimo que você recomenda?
Uma vez por semana já faz diferença, embora seja importante reforçar que yoga é uma prática gradativa. Ou seja, pode ser que na terceira semana você ainda não se sinta tão bem como se sentiria se praticasse mais vezes na semana. Entretanto, com certeza, será possível sentir o bem-estar e a queda da ansiedade.

LEIA TAMBÉM >
COMO FAZER YOGA EM CASA
ZEN PARA DISTRAÍDOS – DICAS DA MONJA COEN

três dicas para quem deseja inserir a cultura do yoga no dia a dia:
1. Meditação: que significa estar presente. Você não precisa estar no “tapetinho” ou no meio da floresta. É possível estar mais presente, por exemplo, na hora das refeições. Sentir o sabor da comida, a textura, o ambiente em que está. Evitar comer assistindo qualquer coisa no YouTube ou televisão. É curtir o momento sem pretensão. Apenas curtir o agora.

2. Técnicas de respiração: respirar com a intensão de se conectar com o mundo, estar consciente daquilo que você está fazendo, usar a capacidade total dos pulmões, esse órgão tão vital e importante que usamos de forma tão inconsciente.

3. Tranquilizar-se: contar até 10 no trânsito, depois de uma fechada ou depois de um problema. Respirar fundo sempre.

Que tal apostar numa vida mais equilibrada com o Opte+?
Namastê!

Kisses,
Equipe Opte+

Sem comentários
Post Anterior
08/05/2019
Próximo Post
08/05/2019

Sem comentários

Deixar um comentário

Quem leu também gostou...