Posts
Moda

INVASÃO TARSILA DO AMARAL | O modernismo é cool!

Nascida em Capivari, no interior do estado de São Paulo, um dos maiores nomes da arte e percursora do modernismo brasileiro, Tarsila do Amaral ganha exposição dedicada à sua vida e obra nos Estados Unidos. Batizada de Tarsila do Amaral: Inventing Modern Art in Brazil, a mostra inédita que começou este mês no Instituto de Artes de Chicago e a partir de Feveriro segue viagem para o MoMA em Nova York, traz 130 obras originais além de desenhos, fotografias e documentos com a trajetória da pintora.

Muito orgulho não? Pegando carona nessa retrospectiva, o Opte+ mergulhou de cabeça na história da consagrada artista que imprimiu para sempre a cultura brasileira no universo modernista com suas linhas inconfundíveis e a paleta de cores vivas que é a cara do Brasil. Vamos lá?

Vida e Obras

Tarsila do Amaral, nasceu em 1 de Setembro de 1886 em Capivari, interior de São Paulo e iniciou os estudos no colégio Sion na adolescência, concluindo da cidade de Barcelona, Espanha. Aos 16 anos já demonstrava sua aptidão e pintou seu primeiro quadro, Sagrado Coração de Jesus.

Em 1906 casou-se com André Teixeira Pinto, com quem teve sua única filha Dulce. Em 1920 partiu para Paris, onde cursou a Academia Julian de artes plásticas. Retornou ao Brasil em 1922, onde formou o “Grupo dos Cinco” com a também pintora Anita Malfati, Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Menotti del Picchia, este foi o mais importante grupo da Semana de Arte Moderna deste ano.

Retornou a Europa onde teve contato com artistas do movimento europeu e lá começou a trilhar o caminho que a consagraria como uma das mulheres de maior relevância da época. Entre os anos 1920 e 1930, Tarsila esteve em sua melhor fase, onde pintou suas mais famosas obras como Abaporu (1928) e Operários.

Impulsionada por sua paixão pelas cores e natureza do Brasil, ela defendia que os artistas deveriam criar a estética pessoal do país sem copiar os traços europeus. No final da década de 20, Tarsila criou os movimentos Pau-Brasil e Antropofágico ao lado de Oswald de Andrade com quem se casou em 1926. Ela explorou influências do surrealismo com estéticas fora do padrão ao criar obras inspiradas em temas sociais, cotidianos e paisagens nacionais.

Tarsila do Amaral faleceu em 1973 em São Paulo, e a grandiosidade de seu trabalho a transformou em uma das maiores figuras artísticas brasileiras de todos os tempos.

 Principais obras de Tarsila do Amaral

– Autorretrado (1924)

– Retrato de Oswald de Andrade (1923)

– Caipirinha (1923)

– Rio de Janeiro (1923)

– Carnaval em Madureira (1924)

– Antropofagia (1929)

– Pátio com Coração de Jesus (1921)

– A Negra (1923)

– São Paulo (1924)

– Manacá (1927)

– Coração de Jesus (1926)

– O Ovo ou Urutu (1928)

– A Lua (1928) 

– Abaporu (1928) 

– Operários (1933)

Que tal se inspirar nas cores de Tarsila para os looks do fim de semana?

Estilo Abapuru

1 – Bolsa Rock Shine | SHOP NOW>>

2 – Vestido Jersey Drapeado | SHOP NOW >>

3 – Quebra-Cabeças | SHOP NOW >>

4 – Jaqueta Jeans Moletinho | SHOP NOW >>

5 – Sandália Couro Croco | SHOP NOW >>

Estilo Manacá

1 – Vestido Marie Blue | SHOP NOW >>

2 – Brinco Laguna Lool  |SHOP NOW >>

3 – Bolsa Palha Nude Isla | SHOP NOW >>

4 – Sandália Tiras Camurça Rose | SHOP NOW >>

 

Beijos,

Equipe Opte+

*Créditos > www.tarsiladoamaral.com.br

1 Comentário

Instagram

Unable to communicate with Instagram.

Siga o @optemais no Insta!